Tailândia 2022

A Tailândia é um dos países mais visitados do Sudeste Asiático, com uma enorme riqueza cultural e histórica, repleta de tradições ancestrais e paisagens magníficas. Neste programa, vamos poder imergir totalmente na cultura tailandesa, experimentar a sua gastronomia, conhecer os costumes e os locais. A nossa viagem vai levar-nos à capital Bangkok, a Hua Hin, onde vai decorrer o trabalho de voluntariado, e a Bang Saphan, uma bonita cidade costeira. Uma oportunidade única de enriquecimento e crescimento para todos.

Voluntariado

Durante os próximos dias teremos oportunidade de pôr as mãos à obra em diversos projetos. Começaremos por trabalhos de renovação e construção na aldeia de Hua Hin. Passaremos também por um centro de reabilitação de mangais, árvores essenciais à manutenção dos ecossistemas costeiros. De seguida, daremos aulas de inglês e desporto numa tribo das montanhas e cuidaremos da horta da escola local. Vamos ainda visitar e trabalhar num centro de reabilitação de animais selvagens. A nossa ajuda fará toda a diferença!  

Tradição e natureza

Durante estes dias teremos muitas atividades lúdicas e educativas. Vamos visitar aldeias, mercados e templos onde poderemos aprender mais sobre os rituais budistas. Faremos workshops de confeção de pulseiras, de culinária e de dança. E ainda teremos tempo para pernoitar duas noites com uma tribo de montanha, experienciando os desafios que enfrentam e os seus rituais. Antes de regressar, vamos mergulhar nas magnificas praias tailandesas e fazer snorkeling. Uma experiência única de imersão cultural e natural num local privilegiado.    

GALERIA

ITINERÁRIO

  • Dia 1Chegada

    Chegámos à Tailândia! Durante os próximos dias vamos trabalhar e envolver-nos na cultura deste fabuloso país.

  • Dia 2Hua Hin

    O primeiro dia será dedicado a uma introdução às atividades e aos locais onde ficaremos nos próximos dias, e faremos uma primeira visita à cidade e à praia de Hua Hin.  

  • Dia 3Introdução e jantar de boas-vindas

    Começamos a manhã com uma introdução ao que será o nosso trabalho nos próximos dias e à cultura tailandesa. Durante estes dias, teremos a oportunidade de colocar à prova as nossas skills, ao ajudarmos na construção de casas para famílias desfavorecidas, assim como darmos aulas de inglês! A seguir ao almoço, vamos até à cidade para comprar alguns essenciais. À noite, teremos um jantar e festa de boas-vindas ao grupo!

  • Dia 4Voluntariado, templo budista e mercado noturno

    Hoje teremos a nossa primeira manhã de voluntariado, onde vamos começar a reconstrução de casas de famílias locais desfavorecidas. À tarde, espera-nos uma atividade cultural: conhecer um templo e aprender alguns importantes rituais budistas, religião predominante na Tailândia. Após o jantar, vamos visitar um mercado noturno.

  • Dia 5Voluntariado e workshops

    Pela manhã retomamos o nosso projeto de voluntariado. Depois de repormos energias ao almoço, vamos aprender a fazer pulseiras tailandesas e participar num workshop de dança. Teremos ainda uma aula de culinária. Após o jantar, vamos visitar um mercado local.

  • Dia 6Voluntariado e praia

    Pela manhã, trabalhamos mais um pouco em prol da comunidade local. À tarde vamos descansar e aproveitar a belíssima praia de Hua Hin. Para recuperar energias, espera-nos um jantar típico de Barbecue Tailandês.

  • Dia 7Voluntariado e Queen's Project

    Mais uma manhã de voluntariado. Após o almoço, vamos visitar o ‘’Queen’s Project’’ e aprender sobre práticas de agricultura tailandesa e a sua importância para as comunidades locais. À noite vamos ter uma sessão de avaliação desta primeira semana do projeto!

  • Dia 8Bang Saphan e praia

    Hoje rumamos de comboio até um destino diferente: Bang Saphan, onde as comunidades se dedicam à extração do ouro. Esta cidade costeira, que conta com fabulosas praias, será o nosso cenário para os próximos dois dias. Durante a tarde vamos aproveitar a praia e relaxarmos do trabalho.

  • Dia 9Snorkeling e praia

    Começamos o dia a fazer snorkeling neste cenário idílico que é Bang Saphan. Depois de recuperarmos energias com o almoço, iremos continuar a relaxar na praia e aproveitar os últimos momentos deste fim-de-semana. À noite, de comboio, retomamos a Hua Hin, onde nos esperam mais dias de muito trabalho!

  • Dia 10Centro de reabilitação de mangais e templo

    Pela manhã espera-nos mais um novo desafio: o centro de reabilitação de mangais, uma espécie fundamental para o desenvolvimento de vários ecossistemas naturais destas regiões costeiras, servindo de escudo contra desastres naturais como tsunamis. Será uma manhã de muita aprendizagem! Após o almoço, rumamos até um templo, construído numa gruta. Após um longa caminhada, seremos presenteados com uma vista de cortar a respiração e com um dos monumentos mais fabulosos da Tailândia: o famoso templo.

  • Dia 11Voluntariado com uma tribo e visita a parque nacional

    Hoje de manhã vamos continuar o nosso projeto numa localização diferente. Junto à fronteira com o Myanmar, vamos ter o privilégio de conhecer a vida e os rituais de uma tribo de montanha. Este local é conhecido por ter uma paisagem única e muitos elefantes! Continuamos o nosso trabalho  desta vez dando aulas de inglês e de desporto, e ajudando na horta da escola. À tarde, vamos visitar uma cascata no parque nacional. Durante as próximas noites dormiremos na aldeia da montanha em casas pertencentes à tribo.

  • Dia 12Voluntariado com uma tribo e jantar com os locais

    Continuamos o nosso trabalho, na montanha, junto da tribo, a ensinar e a ajudar! À tarde, vamos trabalhar na horta da escola local. À noite, é hora de nos despedirmos da comunidade local com um jantar especial. Será uma experiência única e muito enriquecedora.

  • Dia 13Voluntariado com animais e despedida de Hua Hin

    Hoje o nosso dia será passado noutro projeto de voluntariado, num centro de reabilitação de animais selvagens. Este centro tem como objetivo a reabilitação e posterior libertação dos animais, bem como a sensibilização para abusos e maus tratos provenientes do tráfico de espécies animais. Será um dia de muita aprendizagem e sensibilização para esta causa tão nobre. Seguimos para o nosso alojamento em Hua Hin, onde teremos a noite de despedida com muita festa e animação.

  • Dia 14Bangkok

    De manhã vamos para Bangkok, onde iremos pernoitar. Pelo caminho teremos oportunidade de visitar Damnoen Saduak, um dos mais fascinantes mercados flutuantes do mundo. À noite, vamos explorar China Town, um bairro vibrante, cheio de cores, sons e aromas. Uma experiência memorável.

  • Dia 15Visita a Bangkok e partida

    Hoje teremos todo o dia para explorar Banguecoque, onde poderemos fazer algumas compras e apreciar alguns dos seus locais mais emblemáticos. Visitaremos o Palácio real, construído em 1785, e o Templo Wat Phra Kaeo, ambos utilizados como residências oficiais para a monarquia. Faremos também um passeio de barco no rio Chaopaya e uma caminhada pela cidade. À noite, rumaremos ao aeroporto para regressarmos a Portugal. Chegamos a casa cheios de histórias, emoções e aprendizagens para partilhar, mais crescidos, autónomos e solidários!

Incluído O que está incluído no preço
    • Voo (a partir de Lisboa)
    • Acompanhante desde Portugal
    • Acompanhamento permanente por um membro do staff local
    • Transferes de e para os aeroportos
    • Todas as atividades mencionadas
    • Alojamento
    • Todas as refeições mencionadas
    • Seguro
    • Certificado de participação
Não incluído O que não está incluído no preço
    • Refeições não mencionadas
    • Atividades não mencionadas
    • Despesas de caráter pessoal
    • Despesas com documentação e consulta de viajante
    • Visto
    • Testes à Covid-19 (se necessários)

LÍDER DA VIAGEM

Joana Vacas de Carvalho |

A Joana tem 47 anos, é licenciada em Economia e trabalha no Hospital de Beja, cidade onde vive. Quando a Sofia lhe falou no projeto da Early Bird achou-o tão interessante que a vontade de acompanhar um grupo foi imediata, tendo liderado em 2020 o grupo da Costa Rica. A Joana descreveu a sua primeira experiência como líder como “um sucesso, de tão positiva e tão divertida”, razão pela qual não hesitou em repetir a dose já em 2022! É mãe de duas filhas e não tem dúvidas pelo que experienciou que estes programas proporcionam “aos nossos filhos a oportunidade de crescerem melhor informados, mais atentos, mais alerta ao que os rodeia, mais conscientes”.

ALOJAMENTO

Durante a nossa viagem vamos contar com diversos tipos de alojamento, uma oportunidade para treinar a nossa capacidade de adaptação. Vamos ficar 10 noites em Hua Hin na casa de voluntários e 2 noites em casas tradicionais, todas pertencentes à organização local,  1 noite num Hotel em Bang Saphan e 1 noite num hotel em Banguecoque. Nas casas, os grupos terão entre 4 a 6 participantes e nos hotéis o alojamento será feito em grupos de 2 a 4 participantes.

PERGUNTAS FREQUENTES

O planeamento e execução do programa estão a cargo da EarlyBird, em parceria com uma organização local com grande experiência e forte implementação local, e que oferece todas as garantias em termos de acompanhamento, qualidade e segurança.
Os jovens ficarão em diversos tipos de alojamento: em Hua Hin ficarão no alojamento do nosso parceiro local em quartos unissexo; na tribo ficarão em casas tradicionais; em Bang Saphan e em Bangkok em hotéis sugeridos pelo parceiro local. Nos hotéis o alojamento será feito em grupos de 2 ou 4 participantes. Nas casas os grupos terão entre 4 a 6 participantes.
A Tailândia é um país seguro e pacífico. O nosso parceiro local, responsável por toda a logística, é uma organização de reconhecida qualidade, com muita experiência e que cumpre todos os requisitos de qualidade e segurança. No primeiro dia de estadia serão dadas aos participantes diversas indicações sobre questões de segurança, que estes deverão cumprir.
Sim, existem custos extra não incluídos no programa base, que estão devidamente identificados, designadamente para fazer face a despesas de alimentação e atividades não incluídas no programa, bem como todas as despesas de carácter pessoal.
Antes da partida será disponibilizado aos participantes um documento com todas as informações práticas relevantes para a preparação da viagem, incluindo o que é aconselhável levar.
Sim, os participantes devem consigo dinheiro (em numerário ou cartão de débito ou crédito) para as despesas não previstas no programa e outras de carácter pessoal. O montante a levar fica ao critério de cada participante/encarregado de educação.
Sim, existe um Código de Conduta comum a todos os programas e podem ser exigidos Códigos de Condutas específicos a cada participante pelo parceiro local. Em qualquer dos casos este será entregue aos participantes, que o deverão assinar.
A informação sobre a documentação necessária para a participação no programa é disponibilizada aos participantes após a inscrição. Toda a documentação é da responsabilidade dos participantes com base, quando for o caso, em minutas disponibilizadas pela EarlyBird.
É aconselhável a realização de uma consulta do viajante, na qual serão feitas todas as recomendações relativas a eventual profilaxia específica, medicamentos que os participantes devem levar e cuidados a ter. A consulta deve ser realizada, sempre que possível, até 1 mês antes da viagem.
Todos os transportes necessários durante o programa, será feito em veículos privados devidamente licenciados.
Mediante a sujeição a determinadas regras que serão indicadas pelo líder, os participantes poderão circular sem acompanhamento do líder durante algumas das atividades, por breves períodos e em pequenos grupos.
O grupo será composto por 10 a 14 jovens acompanhados por um líder adulto. Caso o número de inscritos seja superior, o grupo poderá terá um segundo líder ou um líder júnior.
Os participantes devem levar consigo um telemóvel para comunicação com os pais, com o líder e com os restantes participantes no programa. No entanto, salvo indicação em contrário, os telemóveis deverão estar desligados: 1) Durante as deslocações nos aeroportos; 2) Durante a realização das atividades; 3) Durante as refeições; 4) Sempre que, por razões de segurança, de dinâmica do grupo ou outras, o líder assim o entender. Relativamente à comunicação com os pais, a EarlyBird aconselha a que a mesma seja reduzida ao mínimo, para facilitar a integração no grupo, a imersão no programa e a otimização dos inúmeros benefícios que o mesmo gera.

Programas 2022

Vem voar connosco!