Cabo Verde 2022

Cabo Verde é um arquipélago tranquilo e envolvente, de paisagens diversificadas, uma cultura alegre e cativante e uma ligação a Portugal feita de História, língua e um estreito convívio de séculos. Na 2ª edição deste programa, vamos testemunhar o muito que nos une e tudo aquilo que sempre deslumbrou os visitantes portugueses. A ilha de Santiago é a maior do arquipélago e é uma amostra de tudo o que Cabo Verde tem para oferecer: praias, montanhas, vilas piscatórias, monumentos históricos, mercados, artesanato, culinária e um povo caloroso que nos vai, sem dúvida, fazer sentir em casa.

VOLUNTARIADO

O nosso trabalho de voluntariado será desenvolvido em torno do objetivo de alegrar os dias e melhorar as condições de aprendizagem das crianças do Tarrafal. Vamos fazê-lo através da dinamização de diversas atividades pedagógicas, desportivas e lúdicas em escolas locais. Iremos também por mãos à obra realizando trabalhos de construção, renovação e embelezamento das infraestruturas educativas e recreativas locais (salas de aula, bibliotecas, zonas de recreio, etc.).

CULTURA E AVENTURA

O nosso programa em Santiago vai colocar-nos em contacto muito próximo com a História, a cultura e as paisagens cabo-verdianas. Vamos visitar o Museu da Resistência, o Campo de Concentração de Tarrafal, os mercados locais e vários monumentos. Iremos visitar uma aldeia remota, fazer um workshop de olaria, uma aula de culinária e participar numa incrível experiência de pesca com os pescadores locais. E também vamos fazer um passeio de kayak e longos mergulhos no cálido mar cabo-verdiano.

GALERIA

ITINERÁRIO

  • Dia 1Chegada

    Bem-vindos a Cabo Verde! Vamos ser recebidos no aeroporto e conduzidos ao nosso alojamento em Tarrafal, onde teremos uma sessão de orientação sobre o que nos espera nos próximos dias. Depois do almoço, um primeiro contacto com as redondezas, incluindo a famosa praia do Tarrafal e a Ponta de Atum.

  • Dia 2Museu da Resistência, Campo de Concentração do Tarrafal e Ribeira da Prata

    Hoje conhecemos um pouco da História desta ilha, intrinsecamente ligada à História de Portugal: vamos conhecer o Museu da Resistência, situado no Ex-Campo de Concentração do Tarrafal, onde, durante o Estado Novo, o Governo português mantinha, como prisioneiros políticos, muitos dos opositores do regime. Almoçamos na Ribeira da Prata, uma pitoresca aldeia a noroeste da ilha e onde poderemos desfrutar da sua bonita praia de areia preta durante o resto da tarde. À noite, teremos uma aula de crioulo.

  • Dia 3Praia e Cidade Velha

    Hoje espera-nos um dia muito cultural, que inclui mais alguns momentos de contacto com a História de Portugal. Vamos até à capital, a cidade da Praia, deixarmo-nos embalar pelo seu ritmo pacato e conhecer os seus edifícios históricos, a praça central, a muralha fortificada, o Mercado de Sucupira e os seus simpáticos habitantes. Vamos também conhecer a Cidade Velha, reconhecida pela UNESCO como a primeira cidade tropical onde os europeus (mais especificamente os portugueses) se estabeleceram. Fundada em 1462 com o nome de Ribeira Grande, tornou-se um importante entreposto internacional no comércio dos escravos. Vamos conhecer, entre outros locais de interesse, o pelourinho, a Igreja e Convento de São Francisco e Fortaleza Real de São Filipe.

  • Dia 4Voluntariado

    Hoje, começamos os nossos projetos de voluntariado. Depois de um primeiro contacto com a escola, os professores e as crianças com que vamos crescer juntos nos próximos dias, mãos à obra! Vamos ajudar as professoras na dinamização de diversas atividades com as crianças e dedicar-nos à renovação ou embelezamento dos espaços circundantes. À noite, iremos relaxar na praia.  

  • Dia 5Voluntariado

    Continuamos os nossos projetos. À noite, teremos uma sessão de limpeza da praia.

  • Dia 6Voluntariado

    Dedicamos, novamente, todo o nosso dia às nossas crianças e à escola. À noite, novamente sessão de limpeza da praia.

  • Dia 7Voluntariado e Rabelados

    Começamos o dia a ajudar, no nosso projeto. À tarde, rumamos à aldeia de Rabelados, em Espinho Branco, para passarmos a tarde com uma comunidade de origem religiosa, formada a partir de grupos que se revoltaram contra as reformas na liturgia da Igreja Católica, introduzidas na década de 1940, e que simboliza a resistência e o espírito de independência dos cabo-verdianos contra aos poderes instituídos. É uma comunidade com habitações simples, alheia à modernidade e às novas tecnologias, que se dedica sobretudo à agricultura, à pesca e ao artesanato.

  • Dia 8Cerimónia, Kayak e Farol D. Maria Pia

    De manhã temos uma cerimónia de despedida do nosso projeto e entrega dos certificados. Ficarão para sempre no nosso coração e na nossa memória! Depois do almoço, vamos aproveitar mais uma aventura – kayak! Será uma tarde em grande. À noite, vamos fazer uma caminha até ao Farol D. Maria Pia, também conhecido por farol da Ponta Temerosa ou farol da Praia, situado, como um dos nomes indica, na Ponta Temerosa. É o mais antigo farol de Cabo Verde. É o mais antigo farol de Cabo Verde.

  • Dia 9Pesca e aula de culinária

    Hoje é dia de imersão total numa das maiores fontes de subsistência dos cabo-verdianos – a pesca! Após o pequeno-almoço, rumamos à praia para conhecer os pescadores locais, com quem passaremos a manhã a pescar e a conhecer o melhor pescado da região. Após o almoço e um merecido descanso, vamos ter uma aula de culinária cabo-verdiana onde vamos ser desafiados a preparar o nosso próprio jantar.

  • Dia 10Missa e regresso a Portugal

    A nossa aventura teria que terminar de uma forma muito especial: hoje, pela manhã, vamos assistir a uma Missa Pascal numa igreja local. Depois, despedimo-nos da nossa equipa e rumamos ao aeroporto para o nosso voo de regresso. Chegamos a casa cheios de histórias, emoções e aprendizagens para partilhar, mais crescidos, autónomos e solidários!

Incluído O que está incluído no preço
    • Acompanhante desde Portugal
    • Acompanhamento permanente por um membro do staff local
    • Transferes de e para os aeroportos
    • Todas as atividades mencionadas
    • Alojamento
    • Todas as refeições mencionadas
    • Seguro
    • Certificado de participação
Não incluído O que não está incluído no preço
    • Voo
    • Refeições e atividades não mencionadas
    • Despesas de caráter pessoal
    • Despesas com documentação (designadamente visto ease) e consulta de viajante
    • Testes à Covid-19 (se necessários)

LÍDER DA VIAGEM

Ana Carvalho |

A Ana é mãe de 3 filhos (com 18, 17 e 13 anos) e é formada em Comunicação Empresarial. Atualmente gere o seu próprio negócio e, curiosa por conhecer novas culturas e diferentes realidades, trabalha também em relocation, onde acompanha e ajuda a instalar estrangeiros recém-chegados a Portugal. Sempre gostou de se envolver em projectos de cariz social. A ideia de acompanhar um grupo de jovens com mesma vontade de ajudar e de fazer a diferença na vida de alguém, fê-la juntar-se ao nosso grupo. Sabe que vai ser uma experiência única e enriquecedora, para além da oportunidade de conhecer um novo país e uma nova cultura. Está muito entusiasmada por ver estes jovens earlybirds começarem a abrir as suas asas e feliz por poder voar com eles.

ALOJAMENTO

Durante todo o programa ficaremos baseados na cidade de Tarrafal, que recebeu o nome da planta indígena Tarrafe. Também chamado de Mangui ou Mangue, é um porto de pesca situado na costa noroeste da ilha de Santiago, um município muito seguro e tranquilo.

A casa onde vamos ficar alojados é simples mas tem todas as comodidades necessárias a uma estadia confortável. Os participantes ficarão em quartos partilhados unissexo.

PERGUNTAS FREQUENTES

O planeamento e execução do programa estão a cargo da EarlyBird, em parceria com uma organização local com grande experiência e forte implementação local, e que oferece todas as garantias em termos de acompanhamento, qualidade e segurança.
Vamos ficar alojados numa casa da organização local, na cidade de Tarrafal. Os participantes ficarão em quartos partilhados unissexo, simples, mas com as comodidades necessárias a uma estadia confortável.
Cabo Verde, a ilha de Santiago, em particular, é um local seguro e pacífico. Os nossos parceiros locais, responsáveis por toda a logística, são organizações de reconhecida qualidade, com muita experiência e que cumprem todos os requisitos de qualidade e segurança. Os participantes viajarão sempre em transporte privado e contarão com acompanhamento permanente, quer do líder português, quer de staff local. No primeiro dia de estadia serão dadas aos participantes diversas indicações sobre questões de segurança, que estes deverão cumprir.
Sim, existem custos extra não incluídos no programa base, que estão devidamente identificados, designadamente para fazer face a despesas de alimentação e atividades não incluídas no programa, bem como todas as despesas de carácter pessoal.
Antes da partida será disponibilizado aos participantes um documento com todas as informações práticas relevantes para a preparação da viagem, incluindo o que é aconselhável levar.
Sim, os participantes devem levar consigo dinheiro (em numerário ou cartão de débito ou crédito) para as despesas não previstas no programa e outras de carácter pessoal. O montante a levar fica ao critério de cada participante/encarregado de educação.
Sim, existe um Código de Conduta comum a todos os programas e podem ser exigidos Códigos de Condutas específicos a cada participante pelo parceiro local. Em qualquer dos casos este será entregue aos participantes, que o deverão assinar.
A informação sobre a documentação necessária para a participação no programa é disponibilizada aos participantes após a inscrição. Toda a documentação é da responsabilidade dos participantes com base, quando for o caso, em minutas disponibilizadas pela Early Bird.
No caso de Cabo Verde, não é, regra geral necessária a realização de uma consulta de viajante. Trata-se, contudo de uma decisão que deve ser tomada pelos encarregados de educação, tendo em conta, nomeadamente, o perfil do participante.
Todos os transportes necessários durante o programa, incluindo a ida de e para o aeroporto, será feito em veículos privados devidamente licenciados.
Mediante a sujeição a determinadas regras que serão indicadas pelo líder, os participantes poderão circular sem acompanhamento do líder durante algumas das atividades, por breves períodos e em pequenos grupos.
O grupo será composto por 10 a 14 jovens acompanhados por um líder adulto. Caso o número de inscritos seja superior, o grupo poderá terá um segundo líder ou um líder júnior.
Os participantes devem levar consigo um telemóvel para comunicação com os pais, com o líder e com os restantes participantes no programa. No entanto, salvo indicação em contrário, os telemóveis deverão estar desligados: 1) Durante as deslocações nos aeroportos; 2) Durante a realização das atividades; 3) Durante as refeições; 4) Sempre que, por razões de segurança, de dinâmica do grupo ou outras, o líder assim o entender. Relativamente à comunicação com os pais, a EarlyBird aconselha a que a mesma seja reduzida ao mínimo, para facilitar a integração no grupo, a imersão no programa e a otimização dos inúmeros benefícios que o mesmo gera.

Programas 2022

Vem voar connosco!