África do Sul

Em 2018, a comemoração do centenário do nascimento do Nelson Mandela ofereceu-nos um bom pretexto para viajarmos até à África do Sul, onde fizemos voluntariado com crianças, conhecemos as paisagens, o povo e a história deste país e tivemos muitas oportunidades para refletir e debater sobre o racismo, a diversidade, a liberdade e a luta pelos direitos humanos. A viagem revelou-se tão enriquecedora e impactante que em 2019 vamos repetir a experiência!

Voluntariado

Durante uma semana os jovens rumarão diariamente a Kayelitsha, a segunda maior township da África do Sul, onde estarão envolvidos em atividades de voluntariado com crianças desfavorecidas, em escolas e outros centros educativos. Devidamente acompanhados e contextualizados, os earlybirds terão a oportunidade de conhecer de perto diversas organizações de apoio à infância e de ajudar os educadores no desenvolvimento de atividades desportivas, didáticas e lúdicas, numa experiência que será certamente inesquecível para todos.

Direitos Humanos, Cultura & Aventura

Na segunda semana os jovens terão oportunidade de visitar a magnífica Cidade do Cabo e seus arredores e de realizar diversas atividades culturais e de aventura que lhes permitirão conhecer a riqueza histórica, política, social, cultural, étnica e natural da África do Sul. O contacto com a cultura, música e gastronomia sul africanas e a interação com a população local enriquecerá extraordinariamente a viagem.

GALERIA

ITINERÁRIO

  • Dia 1Chegada à Cidade do Cabo

    Bem vindos à Cidade do Cabo! Um membro do staff local vai estar à nossa espera para nos conduzir à The Team House, a nossa casa durante as próximas duas semanas. Em breve a nossa aventura vai começar!

  • Dia 2Orientação e voluntariado

    Durante a manhã vamos ter uma sessão de orientação geral sobre o programa, os projetos de voluntariado, questões culturais e de segurança. À tarde vamos finalmente conhecer as crianças com quem vamos trabalhar. O trabalho de voluntariado decorre em escolas e/ou outros centros educativos e envolve atividades lúdicas, pedagógicas e, sobretudo, desportivas. A deslocação para os projetos é feita de transporte privado e contaremos com acompanhamento e orientação permanentes pelo staff local.

  • Dia 3Voluntariado

    O trabalho de voluntariado ocupa hoje a manhã e a tarde, com pausa para almoço.

  • Dia 4Voluntariado e serão musical

    O trabalho de voluntariado ocupa a manhã e a tarde, com pausa para almoço. Depois de jantar, vamos ter um serão musical com Jennifer Eaves. Jennifer é uma conhecida cantora e compositora sul-africana de música folk, que não só cantará em exclusivo para nós, como nos contará as histórias por detrás de cada uma das suas canções.

  • Dia 5Voluntariado

    O trabalho de voluntariado a manhã e a tarde, com pausa para almoço.

  • Dia 6Voluntariado, debriefing e workshop

    É hora de nos despedirmos das nossas crianças. O voluntariado hoje decorre apenas durante a manhã. À tarde tem lugar um debriefing com membros de algumas das organizações com quem trabalhámos, para balanço e partilha de experiências. Ao fim da tarde, teremos connosco Wayne Eaves, que nos falará da sua experiência nas diversas ONG onde tem trabalhado, dos problemas sociais que a África do Sul ainda enfrenta e das cicatrizes que o apartheid deixou, nas pessoas e na geografia da Cidade do Cabo (que teremos oportunidade de observar do cimo de uma montanha, sob sua orientação).

  • Dia 7Ilhas das Focas, Mercado Bay Harbour e praia Muizenberg

    Hoje é dia de fazer um cruzeiro. Através de uma das estradas mais cénicas de África – a Chapman’s Peak Drive, rumamos ao porto de Hout Bay e vamos até à Ilha Duiker, localizada no sopé da Montanha Sentinel. Aqui podem ser avistadas, no seu habitat natural, milhares de “focas-de-pelo-do-Cabo”. Vamos depois visitar o mercado Bay Harbour, o mais eclético e animado mercado da Cidade do Cabo. Tem mais de 100 barraquinhas onde se vende uma fascinante variedade de arte, artesanato, vestuário, objetos de decoração, música e comida. Antes de regressarmos, vamos conhecer a praia Muizenberg, internacionalmente famosa pelas casinhas coloridas e pelas excelentes condições para o surf.

  • Dia 8Marginal V&A Waterfront, Ilha Robben e jantar com Christo Brand

    Situada no porto, a marginal V&A é o coração turístico da Cidade do Cabo e um dos locais mais visitados de África. Oferece vistas deslumbrantes do mar e das montanhas circundantes e grande animação, com inúmeros hotéis, restaurantes, lojas e locais de entretenimento. Aqui poderemos, por exemplo, conhecer a praça Nobel, com as estátuas do quatro sul-africanos galardoados com o Prémio Nobel da Paz. Depois de um passeio pela V&A, embarcamos rumo à ilha Robben. Situada a sete kilómetros da Cidade do Cabo, a prisão da Ilha Robben, declarada Património Mundial pela UNESCO, albergou, durante os anos coloniais e do apartheid, vários prisioneiros políticos africanos, incluindo Nelson Mandela. Vamos ter oportunidade de conhecer prisão, numa visita guiada por antigos prisioneiros, e perceber melhor aquele período negro da história da África do Sul. À noite vamos ter o privilégio de jantar com Christo Brand, antigo guarda prisional que conviveu durante muitos anos com Nelson Mandela e do qual ficou amigo. Escreveu o livro “Nelson Mandela – Meu Prisioneiro, Meu Amigo”. Verdadeiro documento histórico vivo, dele vamos ouvir vários dos episódios que marcaram a sua convivência com Nelson Mandela. Uma oportunidade única para conversarmos sobre o apartheid, a vida dos prisioneiros políticos e a complexidade da natureza humana.  

  • Dia 9Table Mountain, Greenmarket, Museu District 6 e aula de culinária

    Vamos começar o dia com uma subida à Table Mountain, um dos locais mais icónicos da Cidade do Cabo. Para além de apreciar as vistas deslumbrantes vamos, através da Class in the Clouds poder experimentar a beleza da Table Mountain na sua plenitude e aprender sobre a fauna e flora locais no seu habitat natural. Rumamos depois ao centro da Cidade do Cabo, onde vamos visitar o Greenmarket – o mais famoso mercado ao ar livre da Cidade do Cabo, onde comerciantes vindos de todo o continente africano vendem roupa, artesanato, arte e joalharia. Segue-se uma visita ao Museu District 6. Este museu visa preservar a memória do antigo Distrito 6, um bairro tradicionalmente negro que em 1966 foi declarado área exclusiva de brancos. O museu alberga uma impressionante coleção de materiais históricos, livros, fotografias, registos audiovisuais e placas de ruas outrora pertencentes ao Distrito 6. Ao fim da tarde, rumamos ao bairro Bo’Kaap, onde, além de apreciarmos as suas coloridas casas, seremos recebidos por Jasmina na sua cozinha para aprendermos a fazer alguns dos famosos pratos da cozinha tradicional de Cape Malay. Depois de a ajudarmos a misturar as diversas especiarias e a dobrar as chamuças, vamos sentar-nos à sua mesa para provar a deliciosa refeição caseira que ajudámos a preparar.

  • Dia 10Muizenberg High School, praia Boulders e Simon’s Town

    Uma oportunidade única para nos encontrarmos com a comunidade local é o programa de intercâmbio cultural com os alunos da Muizenberg High School. Os alunos sul-africanos e portugueses vão conhecer-se, trocar informações sobre os respetivos países, discutir alguns dos problemas que os preocupam e tentar, em conjunto, encontrar soluções que ajudem o mundo a ser um local mais justo para todos. Antes de nos despedirmos, vamos partilhar uma refeição. Rumamos depois à praia Boulders. A praia é o habitat de milhares de pinguins africanos terrestres e um dos poucos locais do mundo onde se pode encontrar esta espécie única. Por fim, vamos visitar a Simon’s Town. Localizada na False Bay, é uma cidade rica em história e muito atmosférica, oferecendo vistas únicas da Península do Cabo. Tem como vizinhos baleias, pinguins, focas e uma grande variedade de pássaros e peixes.

  • Dia 11Springbok Experience Rugby Museum e Museu da Escravatura

    Hoje voltamos ao centro da Cidade do Cabo, onde começaremos por visitar o Springbok Experience Rugby Museum. O Rugby Museum é um moderno museu interativo que conta a história da África do Sul através dos olhos do seu mais popular desporto e da sua seleção (Springbok). Aqui vamos também perceber como o desporto em geral e o rugby em particular pode ser um importante elemento de união entre povos e raças. Depois de almoço e da visita a algumas lojas locais, rumamos a Company Gardens, local onde antigamente se cultivavam as frutas e legumes que abasteciam os barcos europeus que atracavam na Cidade do Cabo à procura de mantimentos. Visitaremos então o Museu da Escravatura, mais uma excelente oportunidade para aprendizagem e reflexão sobre a história dos povos e direitos humanos. Depois de uma breve passagem pela estátua de Bartolomeu Dias, vamos relaxar e divertir-nos com uma sessão de bowling.

  • Dia 12Safari no Parque Aquila

    O dia de hoje vai ser muito intenso: vamos fazer um safari no Parque Aquila! Aqui é possível avistar uma variedade imensa de animais selvagens, como girafas, zebras, antílopes, hipopótamos, crocodilos, macacos, chacais, raposas, bem como os famosos “Big 5”: elefantes, rinocerontes, leões, búfalos e leopardos. Excitação garantida!

  • Dia 13Cape Point, Cabo da Boa Esperança e partida

    O ponto mais a sul do Continente Africano, Cape Point é um local deslumbrante, de onde se avistam fantásticas baías, praias e verdes colinas e vales. Aqui podemos apreciar o seu famoso farol e percorrer alguns dos seus trilhos para ver as maravilhosas praias, navios naufragados e “fynbos”, uma espécie de flora única desta região. É também aqui que se encontra o Cabo da Boa Esperança, local privilegiado para recordarmos a História de Portugal e os seus corajosos descobridores. E com eles na memória, a nossa aventura chega ao fim! Depois de jantar vamos para o aeroporto, para regressarmos a casa.  

  • Dia 14Chegada

    Vamos chegar cheios de histórias para contar, de coração cheio, mais crescidos, autónomos, empáticos e solidários!

Incluído O que está incluído no preço
    • Workshop de preparação
    • Acompanhante desde Portugal
    • Orientação inicial e debriefing no local
    • Apoio do staff local 24/7
    • Todas a atividades mencionadas
    • Alojamento na The Team House
    • Transporte (Toyota Quantum ou similar)
    • Pequenos-almoços, 8 almoços e 12 jantares
    • Água engarrafada
    • Wi-fi gratuito
    • Certificado de participação
    • Seguro
Não incluído O que não está incluído no preço
    • Voo não incluído. Valor 915€
    • Refeições não referidas
    • Atividades não referidas
    • Despesas com documentação e consulta de viajante

LÍDER DA VIAGEM

Cláudia Costa |

O grupo será acompanhado por Cláudia Costa. Licenciada em relações internacionais, vive em Lisboa e é mãe de 2 filhos (12 e 15 anos). Quando, no ano passado, o filho mais velho viajou com a Early Bird para a Costa Rica, demonstrou vontade de fazer parte deste projeto. Abraça agora com muito entusiamo o desafio de acompanhar um grupo de jovens a conhecer um novo país e uma nova cultura através de uma perspetiva diferente e com um fim humanitário. Acredita que será numa experiência de crescimento e valorização pessoal para todos.    

ALOJAMENTO

O grupo ficará alojado na The Team House, localizada no sopé da Chapman’s Peak, a 40 minutos do centro da Cidade do Cabo e a 25 minutos de Cape Point, com vistas panorâmicas para a praia Noordhoek. A The Team House tem capacidade para 42 pessoas, distribuídas por 12 quartos. Dispõe de áreas sociais e de refeições, wi-fi gratuito e staff e cozinheiras permanentes.

PERGUNTAS FREQUENTES

O planeamento e execução do programa estão a cargo da EarlyBird, em parceria com uma organização local com grande experiência e forte implementação local, e que oferece todas as garantias em termos de acompanhamento, qualidade e segurança.
Os jovens ficarão alojados na The Team House, localizada no sopé da Chapman’s Peak, a 40 minutos do centro da Cidade do Cabo e a 25 minutos de Cape Point, com vistas panorâmicas para a praia Noordhoek. A The Team House dispõe de áreas sociais e de refeições, wi-fi gratuito e staff e cozinheiro permanentes.
A Cidade do Cabo é uma cidade bastante segura e pacífica, e a localização da The Team House é tranquilíssima. O nosso parceiro local, responsável por toda a logística, é uma organização de reconhecida qualidade, com muita experiência e que cumpre todos os requisitos de qualidade e segurança. Os participantes viajarão sempre em transporte privado e contarão com acompanhamento permanente, quer do líder português, quer de staff local.
Sim, existem custos extra não incluídos no programa base, que estão devidamente identificados, designadamente para fazer face a despesas de alimentação e atividades não incluídas no programa, bem como todas as despesas de carácter pessoal.
Antes da partida será disponibilizado aos participantes um documento com todas as informações práticas relevantes para a preparação da viagem, incluindo o que é aconselhável levar.
Sim, os participantes devem consigo dinheiro (em numerário ou cartão de débito ou crédito) para as despesas não previstas no programa e outras de carácter pessoal. O montante a levar fica ao critério de cada participante/encarregado de educação.
Para além do Código de Conduta comum a todos os programas (clique aqui), há algumas regras específicas para este programa. O Código de Conduta será entregue aos participantes e encarregados de educação, que o deverão assinar.
É necessário passaporte com validade mínima de seis meses após a data prevista para o regresso. É ainda necessária a autorização de saída assinada por ambos os pais/encarregados de educação. Toda a documentação está a cargo do participante.
Apesar de a Cidade do Cabo ser um destino bastante seguro em termos de saúde, é aconselhável a realização de uma consulta do viajante, na qual serão feitas todas as recomendações relativas a eventual profilaxia específica, medicamentos que os participantes devem levar e cuidados a ter.  A consulta deve ser realizada, sempre que possível, cerca de 2 meses antes da viagem.
Todos os transportes necessários durante o programa, incluindo a ida de e para o aeroporto, será feito em veículos privados devidamente licenciados (Toyota Quantum ou similar).
Mediante a concordância dos pais e sujeição a determinadas regras que serão indicadas pelo líder, os participantes poderão circular sem acompanhamento do líder durante algumas das atividades, por breves períodos e em pequenos grupos.
O grupo será composto por 6 a 14 jovens acompanhados por um líder adulto. Caso o número de participantes seja superior, o grupo terá um segundo líder ou líder júnior.
É permitida a utilização de telemóvel durante todo o programa, não só para comunicação com os pais como com o líder e restantes participantes no programa. No entanto, a Earlybird aconselha os participantes a reduzirem ao mínimo indispensável a utilização de dispositivos eletrónicos durante a participação nos nossos programas, por forma a otimizar os inúmeros benefícios que os mesmos geram.

Programas 2019

Vem voar connosco!
Bali e Singapura

Tradição e Aventura em Bali

A Indonésia é um dos países mais interessantes do mundo para uma experiência de imersão cultural e natural. Bali, em particular, é um tranquilo paraíso de paisagens deslumbrantes e tradições culturais milenares. Vamos poder usufruir ao máximo de toda esta envolvência, aprender imenso sobre esta ilha única e, ao mesmo tempo, ajudar as populações locais menos privilegiadas a melhorar as suas condições de vida. Vai ser, sem a menor dúvida, uma experiência incrível e muito enriquecedora!

Tailândia

Imersão Cultural na Tailândia

A Tailândia é um dos países mais visitados do Sudeste Asiático, com uma enorme riqueza cultural e histórica, repleta de tradições ancestrais e paisagens magníficas. A nossa viagem vai levar-nos à capital Bangkok, a Singburi onde vai decorrer o trabalho de voluntariado, à antiga capital Ayutthaya, às bonitas cidades de Chiang Mai e Chiang Rai, e à aldeia tribal Akha. Uma oportunidade única de enriquecimento e crescimento para e todos.

África do Sul

Direitos Humanos na África do Sul

Em 2018, a comemoração do centenário do nascimento do Nelson Mandela ofereceu-nos um bom pretexto para viajarmos até à África do Sul, onde fizemos voluntariado com crianças, conhecemos as paisagens, o povo e a história deste país e tivemos muitas oportunidades para refletir e debater sobre o racismo, a diversidade, a liberdade e a luta pelos direitos humanos. A viagem revelou-se tão enriquecedora e impactante que em 2019 vamos repetir a experiência!

Quénia

Vida Animal no Quénia

Nesta viagem vamos ter a oportunidade de ajudar algumas das organizações que dedicam o seu dia-a-dia a apoiar os mais vulneráveis, ao mesmo tempo que vamos conhecer melhor a história e cultura quenianas e mergulhar no seu riquíssimo ambiente natural. Será, sem a menor dúvida, uma experiência inesquecível e muito impactante!

Vietname

Cultura e Paisagens do Vietname

O Vietname é um país lindíssimo e de uma enorme riqueza cultural, histórica e natural que vamos poder aproveitar ao máximo durante esta viagem. Para além da ajuda preciosa que vamos dar à população de Mai Chau, vamos poder conhecer melhor a história, a cultura e as paisagens magníficas de um dos países mais bonitos e simpáticos do sudeste asiático.